15/08/2010

Taião/Valença



Fotos por José Ferreira

5 comentários:

A. João Soares disse...

Amiga Ná,

Uma lástima! Se as imagens não fossem garantidas por vós, não acreditaria que se trata do Minho, tão negro e tão careca que eu conheci muito verde e arborizado. Uma calamidade.

Beijos
João
Do Miradouro

Pelos caminhos da vida. disse...

Que tristeza ver a Natureza acabar em cinzas.

beijooo.

Ana Martins disse...

Querida amiga,
Portugal está reduzido a pó de cinza.
Estas imagens deixam-me com um nó na garganta que aperta e chega mesmo a doer.
Para além de ver tudo queimado, o que mais me entristece, é saber que há criminosos que se descobrem mas dos quais não convém falar, são pessoas de influência que pagam uns míseros euros a um desgraçado qualquer que com meia dúzia de notas já se julga rico.
Todos nós sabemos que isto existe, mas não o conseguimos provar, essa é que é essa!

Beijinhos,
Ana Martins

J.Ferreira disse...

Caras amigas e amigo,

Ainda há cerca de um mês fiz Btt naquele monte. É atterrador passar agora por lá.
Casas ameaçadas, campos de cultura, vinhedos, matas, tudo preto.
Ainda por cima são actos criminosos. Todos os anos é isto. Este ultrapassou tudo, já quase não há nada para arder.
Abraço do
JF

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

AS IMAGENS QUE DESAPARECERAM NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVEM-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João