13/07/2010

Convívio das Terças na Quinta 100713



Fotos de A. João Soares e de A Allas

6 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Eh pah! aproveitem antes do novo aumento do IVA. boa semana

A. João Soares disse...

Caro Táxi Pluvioso,

Para comer, não podemos evitar o IVA.
Para conviver, é cada mais indispensável e quanto mais IVA mais é preciso conversar seriamente!!! Nada acontece por acaso, nem por geração espontânea, é preciso incubação!!!
Estou a brincar porque nesta etapa da vida o que é preciso é sopa e descanso... mas, nunca fiando!

Um abraço
João
Do Miradouro

Ana Martins disse...

Caro João,
estes convívios são saudáveis e devem continuar, com aumento do IVA ou sem ele. Cabe a cada um impor os seus limites e não entrar em exageros. Conviver faz bem à alma e dá saúde, só não faz crescer!!!!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

A. João Soares disse...

Querida Ana Martins,

Olhe que também fazem crescer!. Sai-se de junto dos amigos com a sensação que tudo cresceu em nós, a amizade, a capacidade de comunicação, o saber, a facilidade de compreender o que se passa à nossa volta, a esperança de as dificuldades serem ultrapassadas, a «certeza» de que o amigo doente melhorará, a vontade de continuar a viver solidário com os amigos por muitos mais anos, a convicção mais forte de que não estamos sós.

Conviver é bom, nem que seja sentados num banco de jardim a conversar sobre o que se vê por aí, mas com algum optimismo e esperança.

Beijos
João
Do Miradouro

Fernanda disse...

Amigo João!

É sempre um gosto vê-los em pleno convívio.
Tenho a sensação que está ais magro, ou ainda será só do bigode???

Beijihos

Diverse Texts and Stories

A. João Soares disse...

Querida Amiga Ná,

Muito obrigado por mais este interesse pela minha saúde, que felizmente continua boa, sem preocupações, mas sempre alvo dos meus cuidados alimentares e mentais! O meu peso mantém-se inalterável há muitos anos. Mas há um fenómeno curioso: se as fotos são tiradas de perto a face parece mais cheia e dar um aspecto de gordo; se elas são tiradas de mais longe a face fica aparentemente menor em toda a imagem do crânio, parecendo mais magro. Independentemente disso continuo aquela estrela ofuscante de quem os olhares mais cobiçoso teimam em não se afastar!!! E a brincar se vai vivendo e mandando para o lixo sucessivos calendários que em 31 de Dezembro se tornam inúteis!

Beijos
João
Do Miradouro